Lisboa á Batalha em Autocarro

Partida marcada em Lisboa num reputado hotel da capital Portuguesa aguardamos pelos passageiros que irão conhecer o Mosteiro da Batalha. Depois da Batalha visitamos o famoso Castelo Medieval de Óbidos, também famoso pelas festividades do chocolate e feira medieval anualmente realizada neste espaço.

Saída á hora marcada, 9 horas das manhã e seguimos o percurso pela A1. No autocarro imensas expectativas porque os visitantes são turistas oriundos do Brasil. Entre Português do Brasil e Português de Portugal, através da guia que nos acompanha, alguns apontamentos históricos.

Durante o percurso ouvimos o que representa Portugal no Brasil. São pessoas de muito diálogo e a animação é constante apesar de nem tudo ser Carnaval. Partilham histórias de familiares, alguns aspectos políticos e económicos porque desconhecemos também a realidade do Brasil.

Mosteiro da Batalha, Fotografia: Waugsberg

Na viagem, falam da visita do dia anterior á zona de Belém, mais concretamente ao Mosteiro dos Jerónimos e os célebres pastéis de Belém . Visitaram também o Palácio da Ajuda, pela sua ligação histórica ao terramoto de 1755 e o facto de posteriormente a corte ter sido transferida para o Brasil. Foi uma agradável surpresa, terem conhecimento de factos históricos nesta relação de Países separados pelo Oceano Atlântico.

Chegámos á Batalha e o mosteiro é imponente e impressiona pela sua dimensão e construção. Momento para tomar um café, hábito tão típico também dos Portugueses.

Mosteiro da Batalha

Com os bilhetes já adquiridos, iniciaram a visita ao Mosteiro do século XIV que levou quase 200 anos a ser construído, ainda que até aos dias de hoje não esteja finalizado. Com um estilo gótico e manuelino, predominam os pormenores únicos da entrada, que são sempre uma elemento de surpresa.

A edificação é da responsabilidade do rei D. João I de Portugal porque pretendia agradecer à Virgem Maria pela glória da vitória contra os castelhanos na conhecida batalha de Aljubarrota. Os túmulos, a igreja e a capela inacabada são os pontos chave deste monumento.

Partimos da Batalha directos a Óbidos. Entre fotografias, conversas e animação, pretendem saber mais sobre Portugal porque são interessados no nosso País e cultura.